quarta-feira, 31 de agosto de 2011

RELATO DA PROVA



Depois dos momentos difíceis que vivi nestes últimos tempos, chegou o grande dia da prova, o meu primeiro  mundial. 
Uma noite agitada, dormi mal, acordei sem espírito de sofrimento, que me deixou apreensiva, mas lá me acalmei, depois de falar com meu namorado e com os pais dele.
Hora de partida do bus ás 7h da manhã. Arranquei para o local da prova ouvindo uma música muito descontraída,,,,,, só pensava “que estou eu aqui a  fazer?" Com o meu espírito derrotista mas por outro lado desfrutando do momento. Naquela agitação de todas  as atletas na câmara de chamada, fui a última a começar a aquecer, quis manter -me ao máximo no meu mundo, pensando na minha mãe, que palavras ela me diria naquele momento.
Rápido, nos chamaram para a última câmara de chamada, onde nem nos podíamos mexer, ficámos 15minutos sem nos movimentar, mas lá fomos  para rua. Zona de partida, pisar o percurso, ver tantas pessoas a marchar, até o percurso se tornava pequeno para tantas atletas.
Tiro de partida e os nervos pararam. Aí pensei,não vou entrar em loucuras, porque sentia-me confortável e com vontade, mas com receio de ir com elas, porque não estava com treinos suficientes para ir ao ritmo delas, e o calor que se fazia sentir ainda piorava o meu receio.
No decorrer da prova houve muitos momentos em que pensei “arrisca que estás bem”, mas noutros momentos pensava que estava cansadíssima, que quando começa-se a quebrar, ia ser muito duro suportar a dor. Mas o meu corpo respondia de outra forma, então deixei que as minhas pernas me levassem e foi nesse momento que comecei a recuperar, fui buscar forças não sei onde, mas amei o que senti, a resposta que dei foi maravilhosa.
Sétimo lugar no mundial, foi mais do que podia imaginar, depois do que passei, dos treinos que fiz.
 Só quero agradecer a quem me apoiou.

Escrito por Ana Cabecinha.
Fotos, Paulo Murta.

6 comentários:

Carlos Lopes disse...

Parabéns

LMAS disse...

Olá Ana, antes de mais os meus parabéns!!!
Em relação ao teu texto quero igualmente felicitar-te, acho puro e reflecte bem o sentimento de um ser completo.
Mais uma vez os meus parabéns!!!!

Vitor Tavares disse...

Sem duvida uma vencedora,lutadora e guerreira! O meus mais sinceros parabéns! Continua! És uma referencia! Beijinho e tudo de bom ;)

daniel sousa disse...

Daniel de sousa...Parabens pelo e pelos feitos até aqui.O querer e a vontade nao tem limites...

daniel sousa disse...

Olá..muitos parabens pelo e pelos feitos realizados até aqui..o querer e a vontade nao tem limites...força........

daniel sousa disse...

Olá mt parabens pelo feito e feitos realizados até aqui...o querer e a vontade nao tem limites...força...